Desejo do dia

20maio09

Um microondas de pautas

Quantas vezes você, colega jornalista, apresentou uma sugestão de pauta bacana e que poderia interessar aos leitores e ouviu seu editor dizer: “Ah! Sua pauta é legal, mas não tenho gancho, é fria”?

É em momentos como esses em que sonho ter um microondas de pautas. Bastariam 30 segundos e … pronto! Uma pauta quentinha, do jeito que os editores gostam. Combinando potência e funções, como fazemos com os microondas normais, poderiamos propor pautas superquentes e de grande repercussão, para o que usaríamos a tecla “pipoca”, por exemplo.

A invenção mudaria a vida dos jornalistas de todo o mundo! Confira.

Vida de jornalista sem o microondas

Cena: Reunião de pauta

Repórtes e editor se reúnem para definir quais serão as pautas dos próximos dias. Cada jornalista deve propor sugestões, que, se aprovadas, serão as matérias que ele escreverá. Do contrário, ele passa a semana sem fazer nada, e, talvez, o próximo mês, pois corre o risco de ser demitido por baixa produtividade.

Editor: Sua vez, Fulano. Pode falar.

Repórter: Minhas pautas são blá, blá, blá…

Editor: Elas até são legais, mas são frias. Acho que não rendem. Obrigada. Agora você, Sicrano.

Se vira para outro repórter, que apresenta pautas quentes. O editor balança a cabeça satisfeito. Fulano observa a conversa, cabisbaixo. Sua autoconfiança está abalada e ele começa a duvidar das próprias capacidades. Ele larga a redação e decide buscar um milagre no Show da Fé, com o missionário RR Soares. Ele chega ao fim do poço.

Mas, tudo poderia ser diferente se ele tivesse um microondas de pauta. Veja só!

Vida de jornalista com o microondas

Cena: Reunião de pauta

Editor: Sua vez, Fulano. Pode falar.

Repórter: Minhas pautas são blá, blá, blá…

Editor: Elas até são legais, mas são frias. Acho que não rendem. Obrigada. Agora você, Sicrano…

Repórter: Elas são legais mesmo?

Editor: Sim, mas são frias.

Repórter: Hummm. Só um minuto.

O jornalista sai da sala de reuniões e vai até a redação. Debaixo da sua baia, está o novíssimo microondas de pautas que sua sogra trouxe de Miami. As coisas lá andam baratas por causa da crise. Ele coloca as sugestões no aparelho, aguarda alguns segundos e abre sua porta. Lá estão elas, fumegantes, tão quentes quanto notícias on-line, fofocas via Twitter ou os bolos que sua avó lhe fazia. Ele sai correndo, com cuidado porque agora suas pautas estão pelando, e chega à sala de reuniões.

O editor vê a fumaça e pergunta:

Editor: O que é isso? Você assou pães? (rindo)

Repórter: Não. Esquentei minhas pautas (responde com altivez). O problema não era esse? Elas eram frias? Pois aqui estão elas: quentes!

Editor: (Surpreso). Uau! Como fez isso?! É maravilhoso! Parabéns! Vamos aproveitar todas as suas sugestões. Mãos à obra.

Jornalista e editor saem da sala satisfeitos.

Viram?! Não é ótimo?! Eu quero meu microondas de pautas já!

Anúncios


12 Responses to “Desejo do dia”

  1. 1 Renata Maria

    Ai, Dê, só tem tu mesmo! Hahaha!

  2. 2 Desiree

    Ainda bem, uai! O mundo não daria conta de duas de mim não! Abração! Saudaaaades!

  3. 3 Anice Lima

    Nossa Desiree, seu Blog está lindo!!! Com muito humor… Já li tudo, adorei o racismo do seu irmão em relação ao chocolate, e seus pensamentos sobre a reforma da sala.ParabénsBeijos Anice

  4. 4 Desiree

    Ô, Anice, obrigada pelas palavras! Fico muito feliz pela sua visita e pelo elogio. Então, a reforma da sala foi concluida hoje! Acho que nesse fim de semana, as coisas ficarão mais em ordem aqui em casa (pelo menos, os móveis, né?). Abração

  5. 5 Andrea Zoli

    Olá De, pensando bem um microondas de pautas seria a grande solução para muuuuitas pautas… Adorei o blog.Grande BeijoAndrea Zoli

  6. 6 Desiree

    Olá Andrea,tudo bom? Acho que seria uma solução, sim. Apesar do caráter fantasioso, minha intenção com o post era indagar qual deve ser nossa relação com o factual em tempos de tecnologias como a internet. Será que não é melhor investirmos em pautas frias e exclusivas, que o leitor só encontre no nosso veículo, e deixar o noticiário quente para os portais de notícias? Ontem, o diretor de redação do Estado de Minas e do Correio Braziliense, Josemar Gimenez, deu uma entrevista na Record News no programa “Bastidores” dizendo que é esse investimento na exclusividade, e não a competição com a internet, que definirá jornais de sucesso no futuro. Concordo plenamente com ele. Obrigada pela visita Abraços,

  7. 7 Ivy Farias

    Oi Desiree, você se lembra de mim? Nós nos conhecemos na cobertura do Lula em Santo André, quando ele foi no sindicato dos químicos. Adorei seu post, você só não disse onde eu compro um microondas deste e quanto custa! Lembre-se que jornalista é a maneira mais glamurosa de ser pobre!Beijo grande,Ivy

  8. 8 Desiree

    Ei querida, tudo bom? Claro que me lembro de você! Se não fosse o seu conselho, estaria continuaria batendo palmas para o Lula! Eu leio seus delírios e adorei o seu “about me” do blog! Morar em Paris é très chic. hahaha Ainda não consegui um engenheiro disposto a fazer o projeto, mas, quando tiver notícias, eu informo. Obrigada pela visitaAbraços

  9. 9 Antonio Edson Santos

    ahahahah! Meu editor já aceita minhas pautas “frias”! =PMas essa é uma bela idéia. Parabéns pelo blog!!

  10. 10 Desiree

    Olá Antônio, tudo bom? Que bom que seu editor é adepto dos “frios”. hahaha Pautas frias são muito mais legais: podem ser mais bem trabalhadas e dificilmente alguém vai te furar… Obrigada pela vistitaAbraços,

  11. 11 Andrea Zoli

    Desiree, estou concluindo o curso de jornalismo e sinto a necessidade de trabalhar melhor algumas pautas, e que dependendo de gancho e entendimento pode se tornar uma matéria interessante. Muitos veículos já fazem o hard news, concordo em cuidar com mais carinho das pautas frias que poderão ser apenas pautas “carentes”, que necessitem um pouco mais de atenção.Grande abraço, bom final de semanaAndrea Zoli

  12. 12 Desiree

    Olá Andrea, concordo com o que disse. Essas pautas precisam de mais carinho e dedicação. É muito mais cômodo justificar a importância de dado tema porque ele está ligado a acontecimentos recentes. Sinto que muitos jornais escrevem sobre o que é quente para não ficar atrás da TV, rádio e internet e não conseguem ir além do que essas mídias já disseram. Acho triste ver como manchete no jornal do dia seguinte algo que já vi à exaustão na TV e nos portais. Essa é discussão que rende muuuito, e poderíamos passar horas falando sobre ela. Bom trocar ideias com você. Sucesso na conclusão do curso e na carreira também. Abraços e bom fim de semana


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: