Desejo do dia

16jun09

Pontualidade

No ônibus

Logo que entrei na faculdade, descobri que a pontualidade era um valor em desuso. Muitos de meus colegas chegavam às 8h para a aula que começava às 7h30. No segundo período, por exemplo, tive um professor chegava às 8h40 para a aula que iria até 9h10.

Ao justificar o atraso, ele dizia que aprendeu com Kant que o tempo era uma “ilusão transcedental da alma” e que não deveríamos nos apegar a relógios e calendários. Ele próprio já não os seguia. Mais tarde, descobri que não era bem isso que Kant tinha dito, mas não fiz outra matéria com ele para discutir o assunto.

Hoje, contrariando os ensinamentos da Academia, aprendi com dois funcionários da BH Trans que ainda há pessoas para as quais os horários devam ser respeitados acima de tudo.

Após ficar vinte minutos esperando o ônibus que me levaria ao estágio, dez a mais do que o previsto pelo site da concessionária, ele finalmente chega. Entro, junto com as outras nove ou dez pessoas que estavam no ponto, torcendo para que ele saísse logo, senão me atrasaria.

Minha torcida deve ter sido fraca porque, depois de uns quatro ou conco minutos, o ônibus continuava parado. Comecei a achar que pudesse haver algum problema como a ausência do motorista ou o fim da gasolina e resolvi procurar saber se algo tinha ocorrido.

Fui até os bancos da frente para ver se o condutor estava lá ou se tentava resolver o suposto contratempo. Pois ele estava lá, bem à frente do volante, ao lado do cobrador, que folheava um jornal enquanto comia paçoquinhas de amendoim. “Tudo parece em ordem, então, por que não saiam logo?”, pensei.

Preocupada com o tempo, resolvi criar coragem para perguntar porque continuávamos parados.

Eu: Moço, aconteceu alguma coisa? Por que o ônibus não sai?

Cobrador: Ah! Ainda falta um tempo.

Eu: Sério?! Quanto tempo?

Dependendo da resposta, talvez fosse melhor sair e esperar outro ônibus, ainda que ele não me deixasse tão perto do trabalho quanto aquele. Então, ele consulta o relógio e, com a boca cheia de paçoquinha, responde:

Cobrador: Agora, falta um minuto e meio.

Ao ouvir aquilo, minha vontade foi perguntar, em tom bastante mal educado, o por que de eles serem tão preocupados com os horários para começar as viagens e não terem a mesma consideração para chegar ao ponto.

Mas resolvi deixar pra lá e voltar para onde estava. Provavelmente, ele diria que o atraso não era culpa deles, mas, sim, das obras das prefeituras, da quantidade de carros em BH ou das mulheres, que teimam em dirigir e atrapalhar o trânsito. Talvez, ele fosse um tipo menos eloquente e decidisse simplesmente cuspir a paçoquinha na minha cara.

Na hora, no estágio

Depois de aguardar esse longo um minuto e meio, o ônibus finalmente saiu e eu consegui chegar ao trabalho no horário marcado. Como a falta de noção parece ser um mal contagioso, o motorista, assim como seu colega de bordo, não tinha nenhum bom senso e, no trajeto, dirigiu acima dos 80 km/h e desrespeitou um sinal vermelho.

Não reclamei. Foi graças a isso, que, às 14h em ponto, eu estava no estágio. Um pouco zonza, é verdade, mas irrepreensivelmente pontual.

Anúncios


3 Responses to “Desejo do dia”

  1. 1 Renata Maria

    Seus textos estão cada vez melhores, Dê! Que delícia de ler! Beijocas.

  2. 2 Kathia

    Oi Desiree. Obrigada pela visita ao meu blog, que bom que gostou, apareça sempre que puder.Sabe de uma coisa, eu tenho algum problema sério com os relogios rsrsrsr,ou eles comigo não sei..Mas compenso os atrasos de outras formas.Um beijoKathia

  3. 3 Desiree

    Ô, Rê, obrigada! São seus olhos. 🙂 Olá Kathia, tudo bom? Eu também tenho um problema com relógios, mas eu tento me planejar. Acontece que a BH Trans me atrapalha. Pego seis ônibus por dia e desisti de acreditar no horário que as empresas divulgam. Eles nunca são respeitados. Um dia eu vou largar essa vida de estudante quebrada e vou comprar um carro. Acho que continuarei me atrasando, mas pelo menos, estarei confortável. rs Lerei, sim, seu blog, sempre que puder. Abraços


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: