Desejo do dia

17jun09

Saber ser grata

Agradecimentos

Meu grande amigo Guilherme me presenteou, hoje, com uma cópia da sua divertida e bem feita monografia, intitulada “O advogado do Diabo: uma análise da peformance de Roberto Justus em O aprendiz 5″.

Nos “Agradecimentos”, em que ele relaciona os nomes de dezenas de pessoas que foram importantes para a realização do trabalho ou para a sua vida, encontro este trecho, em que ele agradece também àqueles que, com suas criações, tornaram a empresa um processo menos doloroso.

Por fim, mas não menos importante, eu gostaria também de prestar uma pequena homenagem àqueles que com suas palavras e canções me possibilitaram alguns momentos de prazer e imersão sem os quais a realização desta monografia não teria sido possível. A Beto Cupertino, Spencer Krug, Marcelo Camelo, Rodrigo Amarante, Stephen Patrick Morrissey, Jeff Tweedy, Fernando Pessoa- e todas as suas personas poéticas-, Manuel Bandeira, Clarice Lispector, Hilda Hilst, Caio Fernando Abreu, Daniel Galera, Efraim Medina-Reyes, Cesare Pavese e Emil Cioran, eu gostaria de deixar registrado o meu muito obrigado.

O melhor foi o que veio logo depois, encerrando o texto: o agradecimento à divindade.

Como para mim o divino é humano, eu termino reforçando o meu sincero agradecimento a cada um dos deuses que a minha parca memória permitiu listar no corpo desta página.

Para aproveitar o ensejo, muito obrigada, Guilherme, pela amizade.

Anúncios


3 Responses to “Desejo do dia”

  1. 1 Anice Lima

    Que Chique!!! Quero ler a monografia dos dois, meus melhores e queridos alunos.Adoro o Aprendiz, não assisti o 5 mas lembro dos primeiros. Hoje em dia só assisto A fazenda!!!! rsrsrsbeijos para os dois.

  2. 2 daphne chuchu

    Quem quer agradecer o Guilherme sou eu, pelos momentos de riso com os agradecimentos e com um brilhante esquema:nele ou vc se fode ou se fodeu!!!!Brilhante metáfora da vida.

  3. 3 Desiree

    Ô, Anice, obrigada pelos elogios! Quando vêm de você, eles são sempre mútuos e bem-vindos. Sabe que eu não assitia ao Aprendiz? Tenho birra de coisas de coisas corporativas e do topete do Justus. hahaha Mas vou assistir por causa do trabalho do Guilherme. Nem fala na Fazenda. Está bombando aqui. Ataques crônicos de vergonha alheia… Abração e bom retorno. É,Daphne, aquela é sim uma bela metáfora da vida. Vou colocá-la no blog depois. Repassarei os agradecimentos ao Guilherme, ok?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: